O melhor método para parar as dramatizações.

Olá!

Se calhar já sabes, mas não custa alertar 😉  este sábado, dia 17 de Junho, vou lançar para download gratuito um novo eBook da Palmier. Chama-se “Os 3 passos essenciais para parares de fugir do espelho!”.

E o que lá vais encontrar são os passos que TODAS as minhas clientes (ao longo destes 3 anos de trabalho como coach e consultora de imagem) tiveram de dar para se sentirem bem na sua própria pele e pararem de sentir aquela dor, aquela sensação de vazio.

Como todas as elas precisaram de dar os mesmos 3 passos, há uns meses comecei a pensar: seria óptimo se toda a gente já soubesse isto. Se todas as mulheres já tivessem ultrapassado estas 3 coisas seria tudo tão mais fácil! Daí este novo eBook: para tu poderes, por ti (!!) começar a ultrapassar esta dor!

Podes saber mais sobre mim clicando aqui, no entanto, há algo que quero que saibas já: sou uma pessoa prática. Não gosto que me “enrolem” nem me contem uma história cheia de “palha” – gosto de saber detalhes mas só aqueles que interessam para a história.

Por isso hoje, quero partilhar contigo mais um detalhe, mais um exercício que vai fazer sentido com a leitura do eBook a dia 17. (Já partilhei outro exercício super importante aqui)

Vamos a isto? 😉

Este exercício vai ajudar a colocar um travão na avalanche de pensamentos negativos, altamente críticos e derrotistas que circulam diariamente pela tua cabecinha sem qualquer tipo de controlo. 🙂

Pega num pedaço de papel e toca a responder 😉

Fotografia de Sílvia Ferreira Photography
  • Escreve algum acontecimento que se tenha passado hoje, que te irritou ou te fez sentir menos bem:_______________________________
  • Data, hora e o que aconteceu exactamente: ____________ (Ex: o meu chefe chamou-me ao gabinete dele antes do almoço e implicou com todo o meu trabalho da semana anterior!)
  • O que pensaste quando isso aconteceu e quanto acreditas nesse pensamento de 0-10:
    _______________ (ex: Ele detesta-me e pensa que sou uma incompetente. 6 )
  • Como te sentiste? ___________ (ex: Mal. Como se me estivessem a condenar e a julgar a minha inteligência).
  • Qual a intensidade desse sentimento de 0-10:_____ (ex: 9)
  • Que outros pensamentos poderias ter tido na altura? Classifica o quanto acreditas neles  0-10  – Escreve no mínimo 5 pensamentos alternativos : ______________
    (Ex: – O meu chefe está responsável pelo meu trabalho, precisa que esteja perfeito para não ficar em maus lençois. 9
    – O meu chefe podia estar a ter um mau dia e acabou por descarregar em mim. 4
    – Já entreguei trabalho muito melhor, o meu chefe tinha maiores expectativas. 6

    – … )
  • Como te sentes agora?______________

 

Sentiste alguma mudança em relação ao que aconteceu?

      Muitas vezes ficamos a “moer” no nosso cérebro, discussões sem sentido, tentar dar significado a uma palavra, expressão ou um olhar que muito possivelmente, noutro dia, com outro humor (com outra roupa, outras pessoas à volta e mais café no sangue!) não nos estaria a preocupar…

     O objectivo do eBook “Os 3 passos essenciais para parares de fugir do espelho” não é que, de um dia para o outro, te aches o máximo por dentro e por fora. O que a minha experiência me diz nesses casos é que não tarda a haver uma curva e a espalhares-te nela…

*

O que eu quero é que ganhes a força, a coragem e tenhas as ferramentas certas para lidar com que a dor de não te conseguires encarar no espelho, realmente significa.

E para tal, não basta pôr o penso-rápido (isto é, uma roupa bonita ou novo corte de cabelo…). Vamos tratar da ferida como deve ser. Para ela curar.

*

Experimenta o exercício e conta-me como correu nos comentários! E se este post te fez lembrar uma amiga, irmã… Partilha-o com ela! 😉

E para ti, um beijinho grande.  Sexta-feira, sai um post final acerca do novo eBook onde te explico melhor como tudo isto acontece. Não podes perder.

 

PS: o eBook tem uma MEGA oferta limitada lá dentro! 🙂 Não percas mesmo o post de 6ªfeira.

Um comentário Adicione o seu

  1. Bablofil diz:

    Thanks, great article.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *