Auto-sabotagem e Upper Limit (Limite Superior de Felicidade)

Há uns dias fui apanhada em auto-sabotação.

Não estava a fazer fisicamente nada, foi apenas pelo meu discurso, pelo uso das minhas palavras, que me fizeram ver: “Olha lá, mas não tinhas decidido ser outro tipo de pessoa? O que acabaste de dizer, não tem nada a ver com isso. Estás a cair em velhas cantigas, como é?!”

 

Não sabia onde me meter… Era verdade.

Eu estava tão perto do meu objectivo que, desde que percebi que estava quase lá: me comecei a auto-sabotar. Já andava nisto há 3 meses. 3 meses a auto-sabotar o trabalho de 10! Tudo em risco de ir por água abaixo!

 

Não sei o sentimento que te provoca, mas a mim, deixa-me furiosa! Fico sempre furiosa quando percebo que me estou a auto-sabotar.

Por isso achei que devia falar nisto. Na Auto-sabotagem e no Limite Superior de Felicidade (Upper Limit, conceito do Gay Hendricks no seu livro: “The Big Leap” que te recomendo muito a leitura!)

 

 

E tu, já te apanhaste a auto-sabotar?

Como te sentiste? O que fizeste depois de te aperceberes?

 

Adorava saber a tua história, partilha-a comigo aqui nos comentários.

 

3 comentários Adicione o seu

  1. E tu? Tens facilidade em perceber que te estás a auto-sabotar? Ou nem por isso?
    O que fazes quando reparas?

  2. Diana diz:

    Já desisti ou nem sequer tentei alguns objectivos/sonhos por auto sabotagem, especialmente em áreas pessoais ou profissionais onde a sua conclusão me iria expor um bocadinho e sair da ‘bola de proteção’ onde faço o que tenho a fazer mas sem olhos virados diretamente para mim. O que faço quando dou por isto: para além de ser pouco paciente e nada gentil acabo por abandonar a ideia por uma razão ou outra.

    1. Oh querida Diana!… Já saberes a dimensão da tua “bolha” é óptimo, mas precisas de a aumentar princesa (se não a aumentas ela acaba por encolher com o tempo…:S)
      E precisas de perceber que tu aguentas os olhos em ti. Que é algo bom! Que é algo que mereces e que… é bom! 🙂
      Qual seria a coisa, por mais pequenina que fosse, que se acontecesse… Te deixaria muito muito feliz??! (Se quiseres podes responder-me por email 😉 )

      beijinho pricnesa****

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *